...

"Deus é a mão que nos guia e governa!",

19 de fev de 2015

CARO PROFESSOR

Ser professor não é para qualquer um, mesmo que queira,
Ser professor não é mera face da ideologia ou prazer,
Ser professor não é se apresentar como bom, inda que beira,
Ser professor não é se projetar e se aparecer!

Ser professor não é dirigir-se com ira para uma guerra,
Ser professor não é caminhar rumo a sala bem armado,
Ser professor não é pintar a lousa como dono da terra,
Ser professor não é ler um livro e ficar mamado!

Ser professor não é dizer que sei de tudo um pouco,
Ser professor não é gritar o seu doutorado como besta fera,
Ser professor não é apontar dedo como um louco,
Ser professor não é esparramar apostilas a quem espera!

Ser professor não é ditar regras e imposições imorais,
Ser professor não é algemar qualquer pupilo numa gaveta,
Ser professor não é rasgar o coração em deixas ilegais,
Ser professor não é ficar balburdiando com uma vareta!

Ser professor não é ser construtor de marionetes,
Ser professor não é tentar cobrir o frio com flanelas,
Ser professor não é enfeitar tudo com confetes,
Ser professor não é cozinhar tudo dentro de panelas!

Ser professor, o que é, tentarei, agora te dizer,
Ser professor, todavia, importa morrer sem algum medo,
Ser professor, meu caro, é mascarado nunca ser,
Ser professor, minha cara, é faltar-lhe um dedo!

Ser professor, digo-vos, vai além do que sou,
Ser professor, nu, deva sempre estar, é verdade,
Ser professor, falo-vos abertamente, com a vida casou,
Ser professor assombre-se, ainda é felicidade!

Ser professor, a luta por piso salarial não é meta,
Ser professor, o plano de carreira é fútil,
Ser professor, carga horária nunca me afeta,
Ser professor, segurança na sala é conversa inútil!

Mas ser professor é deitar e rolar nessa canção linda,
Mas ser professor é mais que luzes, são holofotes,
Mas ser professor é pular de alegria na berlinda,
Mas ser professor é lançar-se em meio a coiotes!

Sim, ser professor é enxergar uma luz invisível,
Sim, ser professor é garimpar sem pé e mão,
Sim, ser professor é moldar alguém, isso é incrível,
Sim, ser professor é suportar, sim, com coração!

Eu amo ser professor, sem hipocrisia ou covardia,
Eu amo ser professor,  sem vergonha ou melancolia,
Eu amo ser professor, com excitação e toda melodia,
Eu amo ser professor, e não abro mão, seja noite ou dia,
Eu amo ser professor, ainda que outra humanidade deva encarar,
Sim, sim eu amo essa profissão, mesmo que haja uma guerra nucelar!


David Saulo – fevereiro de 15

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário. Obrigada!