...

"Deus é a mão que nos guia e governa!",

1.31.2012

HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO I


PONTO 01


 Etapas para  discussão: 


a) O que o texto diz
b) O que está ao redor do texto 
c) A relação do texto com  a realidade 
d) Registro das ideias principais

01
  “A educação é um dos meios que os homens lançam 
mão para satisfazerem suas necessidades”
 ( Carlos  Brandão )
02

  03
 '' Em mundos diversos a educação existe diferente: 
em pequenas sociedades
tribais de povos caçadores,
 agricultores ou pastores nômades; 
em sociedades
camponesas, em países desenvolvidos e industrializados;
 em mundos sociais sem classes, de classes, 
com este ou aquele tipo de conflito entre a suas classes; 
em tipos de sociedade e culturas sem Estado,
 com um Estado em formação ou com ele
consolidado [... ] entre e sobre as pessoas"
 ( Carlos  Brandão )


04

05

 " Ninguém educa ninguém,
 ninguém educa a si mesmo,
 os homens se educam entre si,
 mediatizados pelo mundo" 
 ( Paulo Freire )


06



07
 " É na educação dos filhos

 que se revelam as virtudes dos pais"

  ( Coelho Neto )


08

  "Educação é aquilo que fica depois

 que você esquece o que a escola ensinou"

. ( desconhecido )


PONTO 02

Leitura  do capítulo I, da obra de C. Brandão,  Educação? Educações: Aprender com o índio 


Conceitos básicos:

a) Educação
b) Cultura
c) Socialização
c) Endoculturação 


PONTO 03


A  IMPORTÂNCIA  DA HISTÓRIA  DA EDUCAÇÃO
    Idéias centrais de  Maria Lúcia de Arruda  Aranha
                         
O HOMEM É FEITO DE TEMPO
  
A história - é a interpretação da ação transformadora  do homem no tempo.
Pedagogia -  a teoria  crítica da educação.
Homem -  um ser histórico.
Trabalho - ação transformadora do homem  sobre a natureza -  pelo trabalho o homem  o homem se autoproduz ao mesmo tempo que produz sua  própria cultura.


EDUCAÇÃO E IDEOLOGIA

Educação: mantém viva  a memória de um povo e dá condições para a sua sobrevivência [... ] é uma instancia mediadora...
Alguns cuidados
Sociedades tribais: educação informal
Sociedades complexas: educação formal, trabalho braçal versus trabalho intelectual; escola  dualista
Ideologia: impede que a classe dominada perceba a divisão que a inferioriza  e assuma os valores dominantes. 
O fenômeno educacional não é neutro


Questionando a educação

A educação precisa  estar aberta constantemente a teoria 




ARANHA. Maria Lúcia de Arrua Aranha. História da educação. 2ª Ed. São Paulo: Moderna, 1996. ( há edições mais novas)














Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário. Obrigada!